Conceitos PDF Imprimir E-mail
Seg, 19 de Março de 2012 00:00

As redes sociais existem desde sempre. As mídias sociais também. O homem das cavernas tinha suas próprias redes e mídias. A rede dos caçadores, a mídia fogo para espantar os animais, dizer onde está a tribo. O que mudou, foi a evolução das mídias, que geraram um colapso de tempo e espaço. Se antes as pessoas demoravam meses para saber que a guerra acabou, hoje, em apenas dois minutos, é possível saber o que está acontecendo no outro lado do mundo.

 

Muitos consideram o Facebook, Twitter, Orkut, uma rede social. Mas são apenas ferramentas, como o telefone. O telefone é uma rede social? Não. Então, são ferramentas de mídias sociais, que são utilizadas para interagirmos nas nossas redes sociais.

 

Tudo isso muda o ser. McLuhan: "O homens criam as ferramentas. As ferramentas recriam os homens". Logicamente, essa mudança tem aspectos positivos e negativos. O que acontece hoje é uma falta de Educação Digital. Antes, tínhamos filtros: a imprensa, a geografia. Hoje, não mais. a imbecilidade nas redes/mídias é enorme.

 

Por isso, cada vez mais buscamos filtros nas redes. Ao seguir alguém no Twitter, curtir uma página no Face, estamos buscando um filtro do conteúdo que queremos receber, nos relacionar.

 

Nas redes, criamos laços: fortes e fracos. O primeiro não traz novidade e, no geral, são aqueles que vão nos defender. O segundo tipo trazem novidades, sobretudo, ameaças e oportunidades. São importantíssimos para o sucesso (crescimento) ou para o fracasso.

 

No virtual, fazemos exatamente o que fazemos no real. Porém, é tudo divulgado com maior velocidade, abrangência, mobilidade... Por isso, muito cuidado ao dizer onde estamos, as fotos e o conteúdo que postamos. O Twitter pode ser os 140 caracteres mais poderosos. E tudo isso que postamos, não é deletado, permanece na rede. "As pessoas esquecem, a internet não". Pensa-se até mesmo que, no futuro, os jovens vão ter que trocar de nome, para não estarem associados aos conteúdos que um dia postaram.

 

Existem sites que fazem uma busca das pessoas na internet:

www.spokeo.com

www.123people.com.br

www.geni.com