Da Modernidade à Cibercultura PDF Imprimir E-mail
Qua, 18 de Abril de 2012 00:00

FEUDALISMO

- Sociedade Tradicional

- Baseado nas tradições

- O templo é cíclico

- O rei e a Igreja estavam no poder

- Organização comunitária, sem privacidade

- Funções sociais fixas (castas sociais)

 

MODERNIDADE

- Sociedade Industrial

- Baseado na razão e ciência

- O tempo é ordenado

- Grande líderes no poder

- Organização em massa

- Identidade de classes, podendo mudar de status

 

PÓS-MODERNIDADE

- Sociedade Pós-Moderna

- Baseado na Colaboração

- O tempo é flexível (em jornadas)

- Conselheiros servem de líder

- Quanto mais líder, menos lideranças

- Identidades fluídas e fragmentadas

 

A Modernidade é baseada num projeto moderno mundo: igualdade-liberdade-fraternidade. A ferramenta utilizada para chegar nessa concepção: ciência, razão e tecnologia. O homem, sujeito histórico, fruto do Renascimento, gera uma revolução com a nova classe emergente: a burguesia. A modernidade é o reino da Ordem e do Progresso.

 

Ordem do tempo e da ciência, que irão fundamentar a razão em leis universais. A abstração de uma lei geral é uma tentativa de organização do mundo baseados na lógica. A partir disso, muda a relação com a higiene, alimentação, convívio... Começa um modelo de gestão baseado nas estatísticas. Tudo muito quadrado, exatamente o contrário da Pós-Modernidade.

 

Com o tempo flexível, na Pós-Modernidade as coisas não terão começo meio e fim. Por exemplo: não tem horário de trabalho definido. Na pós perdemos todas as referências e definições que tínhamos e que foram criadas na modernidade. Com isso, hoje temos inúmeros papéis sociais ao mesmo tempo: aluno, professor, funcionário, filho...

 

Além dessa característica de caos, vivemos com ambivalências e paradoxos: Aristóteles dizia que A é diferente de B e ambos não podem ser a mesma coisa; hoje, A não é igual a B, mas pode ser a mesma coisa. No caso da sexualidade vemos isso claramente. A relação trabalho-lazer também é facilmente confundida, pois você pode ler seus e-mails do trabalho na praia.

 

As ideologias da Pós-Modernidade são outras: Liberalismo, Marxismo, Nazismo, Comunismo e muitos outros "ismos" que buscam o mundo ideal. Porém, essas ideologias nos levaram a barbarie. Com a 2ª Guerra Mundial tivemos a máxima criação da ciência, tecnologia e razão: a bomba atômica. O pós guerra traz grande mudanças no comportamento humano. Surgem os Direitos Humanos, o Feminismo...

 

Vão surgir duas linhas diferentes para se pensar o Contemporâneo, uma forma mais pessimista e outra otimista. Paul Virilio, por exemplo, vê que quanto maior a velocidade, maior será a tragédia (fazendo uma analogia com o avião). Baudrillard e Pierre Levy, por outro lado, veem como uma nova forma de cultura, onde as pessoas são conectadas.