Escola Crítica: Glocalização PDF Imprimir E-mail
Qua, 13 de Junho de 2012 00:00

Porém, todo esse acesso é superficial. Vivemos em dois tempos e 2 espaços simultaneamente. É o que chamamos de glocalização! Porém, acabamos valorizando o tempo e espaço virtual e deixando de lado o real.

 

E não adianta nos iludirmos achando que o mundo é global. A rede é global e nós atuamos no local (GLOBAL + LOCAL = GLOCAL). Ocorre uma ruptura na nossa relação tempo-espaço, até mesmo porque o tempo real passa, o tecnológico não. Quando estamos na imersão tecnológica, não vemos o tempo cronológico passar.

 

Mas, a glocalização não é filha da internet. Ela surge já com o telefone, que liga duas localidades em uma globalidade.