NetEtiqueta Imprimir
Sáb, 11 de Julho de 2015 00:00

Netiqueta é um conjunto de regras que se aplicam às interações entre pessoas que se comunicam por ambientes virtuais, com o objetivo de manter um espaço agradável de interação. A seguir, apresentamos algumas regras fundamentais de Netiqueta:

 

• Antes de tudo: ser educado e tratar as pessoas com o mesmo respeito que você gostaria de ser tratado é fundamental para um bom relacionamento na rede (Regra de Ouro).

• A utilização de letras MAIÚSCULAS em uma mensagem representa a ideia de que você está gritando! Portanto, se a sua intenção não é gritar, EVITE letras MAIÚSCULAS.

• Evite gírias e expressões locais ou de grupos específicos que podem não ser compreendidos por pessoas de outras localidades ou ambientes.

• Não faça as pessoas perderem tempo: evite correntes e spams.

• Em mensagens muito longas, indique no assunto ou no início da mensagem que a pessoa precisará de tempo para ler. Exemplo: “Assunto: Ata da reunião de Colegiado (LONGA)”.

• Por fim, seja breve, mas cuide para dizer tudo o que é necessário em uma única mensagem, evitando enviar vários e-mails seguidos para a mesma pessoa, especialmente quando estiver solicitando algo.

• Em algumas situações, a má interpretação de uma mensagem recebida acontece por causa da inadequada utilização da linguagem presente na mensagem. Infelizmente, algumas pessoas têm “preguiça” de escrever as frases por completo, usando abreviações e jargões inadequadamente. O uso do chamado “internetês” (essa linguagem abreviada/cifrada amplamente utilizada nos ambientes virtuais) deve levar em conta o destinatário das mensagens e a exigência de uma comunicação clara.

• Além disso – e isso vale, especialmente, para crianças e jovens, que estão em fase de aprendizado formal básico -, o uso do “internetês” é quase como o domínio de outra língua: devo usá-lo em situações específicas e sem que isso interfira no domínio da minha língua materna (no nosso caso, o português). Nesse sentido, é de bom tom utilizar o corretor ortográfico que, em geral, os e-mails possuem: não resolve todos os casos, mas ajuda. É preciso lembrar-se sempre que é mais agradável e fácil para quem recebe suas mensagens, lê-las numa linguagem gramaticalmente correta e sem erros de digitação. Detalhe: você não precisa ser formal; basta, não “ofender” a língua portuguesa.

 

Outras dicas interessantes de Netiqueta:

 

• A internet é um veículo rápido, mas não exime cuidados com os erros de português ou de digitação. Uma linguagem correta demonstra maior interesse em transmitir a mensagem.

• Se você coleciona uma lista enorme de endereços e gosta de mandar e-mails para todos eles de uma só vez, dê preferência para a opção "enviar cópia oculta", para preservar os endereços de e-mails incógnitos. O mesmo vale ao encaminhar e-mails, retire os endereços de e-mail que estiverem expostos. Muitas vezes, pessoas de má-índole utilizam essas listas de endereços para encaminhar spams (a mala direta eletrônica).

• Cuidado com os e-mails com figuras pesadas, difíceis de abrir, elas podem abarrotar a caixa de mensagem dos destinatários.

• Mensagens bem-humoradas devem ser elaboradas com cuidado para não parecerem "engraçadinhas". Lembre-se que à distância, não é possível sorrir, trocar olhares e exprimir suas boas intenções. (...)

• Ao se inscrever em listas de discussão, não despreze o e-mail de boas-vindas. Nele estão as regras de convívio ou informações importantes como, por exemplo, o que fazer para se descadastrar.

• Mensagens relacionadas com administração, não devem ser mandadas aos membros de lista, do fórum ou do mural, mas sim em privado para os administradores.

• Para ajudar a expressar emoções, utilize os emoticons “ :-) -) :-P :-( ". Mas tome cuidado. Às vezes, eles podem indicar sarcasmo e gerar confusão.

• Corrigir pessoas pode ser um tanto constrangedor. Não reclame de erros gramaticais ou dê lição de moral a ninguém.

• Nunca ofenda uma pessoa em uma comunidade da internet. Se for ofendido, entre em contato com o administrador para que tome as devidas providências ou procure acertar as contas diretamente com as pessoas envolvidas, evitando constranger usuários com quem tem pouca intimidade.

 

FONTE: www.maisde50.com.br
Organizado por Luís Henrique Marques: jornalista e historiador; professor universitário e colaborador da revista Cidade Nova (www.cidadenova.org.br). E-mail: Este endereço de e-mail está protegido contra SpamBots. Você precisa ter o JavaScript habilitado para vê-lo. .